Visit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On TwitterCheck Our Feed

Tag: compras pela internet

Dicas para evitar furto de dados nas compras de Natal

Com a chegada do final do ano e as festas de Natal e Reveillon, associado a injeção de dinheiro proporcionado pelo pagamento do 13º salário, faz com que muitas pessoas vão às compras. E, motivado pela facilidade, muitos estão optando por comprar pela internet, pois não tem loja cheia, não tem vendedor tentando te empurrar produtos, não tem música chata de Natal (kk). Entretanto, é preciso ter alguns cuidados.

Cuidado com as compras é claro, todos tem e todos sempre devem ter. Pesquisar, conferir preços, guardar os prints da tela onde há a informação do preço do produto, do pagamento com o cartão, com o prazo de entrega, e exigir o cumprimento deles.

Todos também sabem que há sempre a possibilidade de arrependimento, pois, ao contrário da loja física, onde se pega o produto, testa e pensa sobre ele, na internet não há essa possibilidade. Então, depois do recebimento, o consumidor tem 07 dias corridos para olhar, testar e pensar sobre o bem comprado e, caso conclua que não era bem isso que queria ou mesmo desista, tem o direito de receber o valor completo pago, inclusive do frete. Mas claro, tem que devolver o produto comprado.

Mas um alerta que quero fazer é sobre os dados:

Há muita gente que aproveita essa época do ano, onde as pessoas estão mais propensas a gastar para roubar os dados via internet. Dados do cartão de crédito, dados de email, dados pessoais como RG e CPF e mesmo dados de endereço.

Leia mais

Você tem direitos nas compras feitas pela internet!

Dica sobre compras na internet

Todo mundo fala que falta um marco regulatório sobre as compras efetuadas pela internet, que há a necessidade de uma legislação específica. Não entrando no mérito da discussão, o que interessa ao consumidor hoje é saber que ele está protegido caso faça uma compra pela internet e decorra algum problema. O Código de Defesa do Consumidor e o Código Civil são bastantes e suficiente para solucionar o conflito.

A começar todo aquele que faz parte da cadeia produtiva – seja fabricante, comerciante, fornecedor, ou mesmo intermediador – todos são fornecedores para fins do CDC e solidariamente responsáveis, assim caso não encontre ou não consiga acionar a pessoa que lhe vendeu o bem, ou forneceu o serviço, o site é responsável.

No mais, as compras feitas pela internet são tidas como feitas entre ausentes e o consumidor tem prazo de 7 dias para proceder a devolução sem qualquer custo para este e por qualquer motivo, desde que não tenha feito uso do produto. Basta não gostar da cor, marca, modelo que a devolução pode ser feita.

Fiquem atentos e saibam quais os seus direitos ao comprar pela internet e como consumidor!